Contido

Culinária
 
O que temos pro almoço? Truta!
por Liza Meller em 22-12-2002 17:27
http://contido.com.br/?aid=35
 
De como uma ida ao super em busca de ingredientes para a ceia de Natal rendeu também um almoço rápido e delicioso!
 

Para ir direto à receita, clique aqui.

Adoro peixe. Combina maravilhosamente com qualquer clima (verão ou inverno) e sempre me traz aquela sensação gostosa de saciedade sem o "peso" no estômago que outros tipos de pratos proporcionam.

Por conta disso, ontem estava na peixaria do Pão de Açúcar – que eu e minhas amigas temos motivos para chamar de "supermercado de dondoca" (os preços nem sempre são os melhores, mas lá tem de tudo para quem gosta de se aventurar para além do trivial na culinária), procurando atum fresco para um prato que me comprometi a levar para a ceia de Natal, este ano organizada pela minha cunhada.

Pausa para rebobinar a fita: alguns dias atrás, minha cunhada me liga perguntando o que eu pretendo levar (ela sabe que tenho algumas restrições alimentares por motivos religiosos), então eu sugiro um prato com peixe, um folhado talvez. Ao que ela diz:

Ah, você sabe que eu não gosto de peixe, só se for atum.

–Tudo bem, faço com atum. Lá no super dá para comprar atum fresco, então eu jogo uns temperos, alho poró, etc

–Legal, Liza, assim vai ficar ótimo!

E assim, estava eu na peixaria do super, perguntando ao peixeiro quando seria melhor comprar filés frescos para preparar na terça-feira: domingo ou segunda?

Ah, moça, tem esse que está aqui (mostrando dois suculentos filés à sua frente) que eu tirei hoje, e amanhã eu vou tirar desse atum aqui (mostrando um peixe enorme na geladeira). Depois disso, só depois do Natal...

Então eu levo esses filés que estão aí, pesa para mim por favor que eu preciso de uns 600 g.

Vocês perguntarão: mas o que a truta tem a ver com essa história de atum? É que bem na minha frente, havia umas cinco trutas graúdas a um preço bem legal. Então perguntei ao peixeiro:

E essas trutas aqui?

Ah, essas trutas são chilenas, coisa boa, e acabaram de chegar: eu as coloquei aí ainda agora, e já vou ter que abastecer de novo, elas estão saindo bem.

Que ótimo, você limpa para mim?

Moça, se a senhora quiser, eu tiro filé...

Sem perder nenhuma carne? E a pele?

Só perde o peso da cabeça, e eu tiro a pele também...

Ok, então vou querer três.

É para já.

Vocês perguntarão: mas como ela confia num peixeiro assim, de bandeja? Confio porque, sem excessos de propaganda, os rapazes dessa peixaria são gente honesta, nunca me serviram peixe passado ou ruim. Cansei de ir comprar peixe e voltar para casa sem nada, porque os peixeiros disseram que era melhor voltar no dia seguinte pois haveria peixe mais fresco. E ponto.

Cheguei em casa, Alex veio abrir a porta, e eu disse:

Adivinha o que é o almoço?

O quê?

Truta!

E a gente caiu na risada... Essa história de truta vem de uma viagem memorável a Penedo, onde passamos uma semana. Visitamos vários restaurantes e comemos truta pelo menos uma vez por dia, no almoço ou no jantar, preparada de diversas maneiras. É o prato mais servido da região, no sul do estado, pois os rios de lá estão repletos desse peixe de carne leve e sabor suave. Aliás, se algum dia você for a Penedo ou Itatiaia, lembre-se dessa dica: coma truta, e se você gostar, traga muitas bandejas de truta defumada, que lá custa menos da metade do preço encontrado nos supermercados do Rio...

E num desses restaurantes, nos serviram filés de truta grelhados com chutney de manga para acompanhar (aliás, outra dica: as conservas em Penedo são DEZ! Aproveite para comprar geléias, conservas, chocolates – é claro – e também licores caseiros feitos na própria região. São maravilhosos!)

É essa receita com chutney acompanhando que tentei reproduzir. É bem simples, e se você tem um peixeiro que deixa o peixe prontinho, fica mais fácil ainda!


Truta à minha moda (para duas pessoas):

Ingredientes:

  • 2 filés graúdos de truta (ou a quantidade que satisfaça o apetite!)
  • sal
  • uma pitada de coentro em pó
  • 2 colheres de sopa de salsinha
  • 1/2 colher de chá de alho picadinho
  • 1 colher de sopa de azeite extra-virgem
  • ¾ de xícara de alho poró fatiado bem fino

Preparo:

Tempere os filés com o sal, coentro, salsinha e alho, e deixe marinar por 15 a 20 minutos. Esquente o azeite numa frigideira sobre fogo baixo, adicione o alho poró e deixe amolecer. Deite os filés de truta sobre o alho poró, e deixe cozinhar mais ou menos durante 5 minutos, ou até o lado de baixo dos filés estar dourado. Vire os filés cuidadosamente para dourar o outro lado, e desligue o fogo. Sirva imediatamente, acompanhado de arroz com passas e uma salada verde.

Chutney de manga (rende cerca de 600 g, o equivalente a dois potes de geléia):

Ingredientes:

  • duas mangas tommy graúdas ou três médias, descascadas e cortadas em cubos
  • 1 xícara de vinagre de maçã
  • ½ xícara de açúcar mascavo, bem apertado na xícara
  • 3 dentes de alho bem picados
  • 1 cebola pequena picada bem fininho
  • ½ xícara de passas sem sementes (opcional)
  • ½ colher de chá de gengibre moído

Preparo:

Misture todos os ingredientes (menos o gengibre) e leve ao fogo em uma panela até levantar fervura. Reduza para fogo brando e deixe cozinhar destampado, mexendo de vez em quando, até amolecer a manga. Deixe apurar durante cerca 15-20 min, para engrossar. Adicione o gengibre, deixe cozinhar cerca de 1 minuto e apague o fogo. Coloque em potes de vidro previamente escaldados, e deixe esfriar antes de levar à geladeira. Sirva gelado ou à temperatura ambiente.

Funciona como acompanhamento para peixes e frangos ou como molho para sanduíches frios de peru (aquele que certamente sobrará da ceia de Natal), ave ou truta defumada.

P.S.1: Dirão vocês, com tanta truta nas cidades do sul do estado, por que o super só tem truta chilena? Eu também ainda não descobri, se alguém souber, por favor me explique...

P.S.2: Nas carrapetas: Brown Sugar, dos Rolling Stones (ficou tocando na minha mente o tempo todo enquanto eu preparava o chutney...)


E mais:
O chefe que queria ser rei
Medo e servidão são as principais ferramentas de opressão no ambiente de trabalho de milhões de pessoas.
9 dicas Para Melhorar Seu Perfil no Happn
Tá difícil rolar uns crushes no happn? Essas dicas vão te ajudar a conseguir mais!
Como escrever argumentos para videoclipes
Veja o argumento completo do videoclipe Turn Down For What
Shoutcast para quem quer ouvir boa música
Nunca usei Rdio, Pandora ou Spotify e não sinto falta.
Professor real, alunas virtuais e sexy
E se a realidade virtual servir para mais do que se imagina?
Tirando desenhos do papel, de verdade
Quiver é um app divertido para dar vida aos coloridos das crianças.
Robôs precisam de conexões globais 24h por dia
Grandes empresas estão na corrida para conectar o mundo
Nobuyuki Forces: gratuito, independente e ótimo
Jogo de ação, casual e com adrenalina máxima para testar sua atenção e pontaria.
Porque se inspirar logo de manhã
Escapar da rotina começa cedo.
Amor real por personagens vituais
O que vale mais: a realidade ou a percepção?

 
Arte | Bon Vivant | Cinema | Culinária | Design | Exposições | HQ/Manga | Idéias | Ilustração | Internet | Literatura | Moda | Música | Negócios | Tecnologia | TV | Videogames
 
Busca no Contido:
©Alex Nautilus :: CONTIDO.com.br :: SOBRE O SITE :: RSS :: @contido no Twitter