Contido

Tecnologia
 
Vídeos em guerra
por Alex Moura em 07-12-2002 04:12
atualizado em 08-11-2015 21:49
http://contido.com.br/?aid=21
 
Formatos de vídeo digital para internet disputam o mercado de banda larga.
 

Lembram-se da guerra entre VHS e Betamax? Bem, para os mais jovens que não pegaram essa época, no começo da explosão do mercado de vídeo, dois padrões de vídeocassete disputaram o mercado. Era uma briga entre a Sony e a JVC, e a fita de um padrão não podia ser tocada no outro. O padrão VHS da JVC venceu e reina até hoje. Com a chegada dos DVD, quase que o mesmo acontece novamente, mas por fim as grandes indústrias chegaram a um acordo e um único padrão foi adotado, exceto na China, onde foi desenvolvido o SuperVCD, um padrão em CD mais barato que o DVD e que não paga royalties ao DVD Consortium. Mas na internet é onde a briga voltou a esquentar. As empresas de software são as que duelam atualmente pelo domínio do mercado.

Os vídeos digitais dependem de CODECs para serem gravados e reproduzidos. Um codec é o conjunto de parâmetros e rotinas matemáticas usadas para que as imagens e sons sejam guardados digitalmente, e cada formato de vídeo digital usa obrigatoriamente algum codec. E é aí onde mora a briga: como o codec é uma tecnologia patenteável, quem detém a patente detém a exclusividade sobre o formato; logo, quem quiser usá-lo comercialmente tem que pagar de algum modo a quem detém a patente. E cada player para exibir os vídeos adota um codec em específico.

O Media Player agrega as tecnologias da Microsoft, e pode tocar os vídeos em formato AVI e WindowsMedia. O formato AVI é bem versátil mas esbarra no terrível problema de que há muitos codecs diferentes e com performances bem diferentes de uma máquina para outra, além do fato de que em geral só pode ser usado satisfatoriamente em PCs rodando Windows.

Quicktime

O Quicktime Player é para o MacOS o que o Media Player é para o Windows. A Apple no começo desenvolveu o Quicktime apenas para uso nos Macs, mas com o tempo o adaptou para Windows. O problema do Quicktime é que no PC ele até hoje não funciona de modo suave, e toma muitos recursos do sistema, enquanto que no Mac funciona maravilhosamente bem. O codec Sorenson é um dos motivos do atual sucesso dos vídeos em Quicktime, mas por outro lado têm provocado uma irritante necessidade de atualização periódica do player da Apple.

O Real Player foi desenvolvido pela Real Networks para uso na internet, para atender às necessidades de streaming (vídeo em tempo real pela rede). Apesar de sucesso comercial, o formato Real não costuma agradar, mesmo para quem usa internet de banda larga, mas até agora é a melhor opção de streaming, pois roda bem em Windows, Mac e smartphones.

Enquanto esses três formatos brigam por monopólio de mercado através de métodos que assegurem o copyright das produtoras de filmes, há também o formato independente DivX, que é uma variação do padrão MPEG, e nasceu da iniciativa de um grupo de jovens programadores, mas logo também entrou no esquema comercial, atendendo as expectativas dos adolescentes que não se incomodam em baixar vários megabytes para assistir um filme. O público jovem em geral não assiste streaming em hipótese alguma, pois acham chato e com qualidade ruim. E estão certíssimos.

O formato MPEG, apesar de ser suportado por qualquer player de qualquer sistema, seja Windows, MacOS, Linux, DVD players, etc, deixou de ser usado na web meramente pelos interesses comerciais dessas empresas que querem impor seus padrões fechados.

A Macromedia é quem pode surpreender nessa briga, pois seu novo Flash MX pode usar vídeos (no formato Sorenson) e o streaming de vídeo pode vir a ser amplamente adotado nos browsers, já que todos os navegadores têm plugin Flash embutidos.

Windows Media Player
Microsoft

Quicktime Player
Apple

Real Player
Real Networks

DivX The Playa
DivX Networks


E mais:
O chefe que queria ser rei
Medo e servidão são as principais ferramentas de opressão no ambiente de trabalho de milhões de pessoas.
9 dicas Para Melhorar Seu Perfil no Happn
Tá difícil rolar uns crushes no happn? Essas dicas vão te ajudar a conseguir mais!
Como escrever argumentos para videoclipes
Veja o argumento completo do videoclipe Turn Down For What
Shoutcast para quem quer ouvir boa música
Nunca usei Rdio, Pandora ou Spotify e não sinto falta.
Professor real, alunas virtuais e sexy
E se a realidade virtual servir para mais do que se imagina?
Tirando desenhos do papel, de verdade
Quiver é um app divertido para dar vida aos coloridos das crianças.
Robôs precisam de conexões globais 24h por dia
Grandes empresas estão na corrida para conectar o mundo
Nobuyuki Forces: gratuito, independente e ótimo
Jogo de ação, casual e com adrenalina máxima para testar sua atenção e pontaria.
Porque se inspirar logo de manhã
Escapar da rotina começa cedo.
Amor real por personagens vituais
O que vale mais: a realidade ou a percepção?

 
Arte | Bon Vivant | Cinema | Culinária | Design | Exposições | HQ/Manga | Idéias | Ilustração | Internet | Literatura | Moda | Música | Negócios | Tecnologia | TV | Videogames
 
Busca no Contido:
©Alex Nautilus :: CONTIDO.com.br :: SOBRE O SITE :: RSS :: @contido no Twitter